Diário de Notícias/Arte/ Portugal:’O Grito’ de Munch bate recorde mundial em leilão por DN.pt e agênciasHoje

Pintura
Momento da licitação do quadro pintado por Munch em 1895
Momento da licitação do quadro pintado por Munch em 1895 Fotografia © Andrew Burton-Reuters

Uma das versões do quadro do norueguês Edvard Munch foi adquirido num leilão por 119,92 milhões de dólares, tornando-se a obra mais cara adquirida desta forma.

O leilão realizado pela Sotheby’s em Nova Iorque esta quarta-feira durou pouco mais de 12 minutos, com vários lances a subirem mais de dez milhões de dólares num só minuto para uma obra cujo valor era estimado em 80 milhões de dólares.

A obra em licitação é uma das quadros versões em técnica pastel do mais célebre quadro de Munch, tendo sido disputada principalmente por sete compradores.

Pintado em 1895, e único na posse de um particular, ‘O Grito’ tornou-se a obra de arte mais cara vendida em leilão.

As restantes versões estão duas na posse do Museu Munch, em Oslo, e a terceira na Galeria Nacional, também na capital norueguesa.

O anterior recorde era detido por um quadro de Picasso, ‘Nu no Atelier do Escultor’, que alcançou os 106,48 milhões de dólares num leilão de 2010 da Christie’s. Também em 2010, a escultura ‘O Homem que Caminha’, de Alberto Giacometti, atingira 104,32 milhões de dólares, num leilão da Sotheby’s em Londres.

Leia matéria completa, acesse:

http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=2454566&seccao=Artes%20Pl%E1sticas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: