O Povo acordou para os problemas que afetam toda a nação: Chega de corrupção, preços altos de tarifas e passagens; Chega de insegurança e falta de investimentos na saúde.

o Dia 17 de junho já está na história do Brasil. O povo acordou e foi para as ruas, este dia  ficará marcado como o dia em que milhões de pessoas em todos os Estados da Federação, foram para as ruas mostrar sua indignação contra os desmandos da administração pública e a insatisfação contra tarifas de transporte coletivos, obras da Copa do Mundo, falta de investimento na saúde, educação e segurança.

Veja algumas manchetes nos principais órgãos de imprensa do país

Fonte: Rádio Bandeirantes

Mais de 100 mil pessoas participaram do protesto no RJ contra o aumento da tarifa dos ônibus


Belo Horizonte – MG

O ato começou pacífico, no entanto um grupo de manifestantes tentou invadir a Assembleia Legislativa no início da noite desta 2ª-feira.

Em menor número, os policiais se escondiam atrás dos pilares do prédio.

E tentavam conter a confusão com bombas de gás lacrimogênio – o cenário no centro da cidade era de guerra.

Para se proteger, os agentes foram obrigados a se trancar dentro do prédio do governo.

Um PM chegou a ser espancado e, desacordado, teve que ser arrastado pelos colegas.

Sete pessoas foram baleadas com armas de fogo e a polícia civil já está investigando as ocorrências.

———————————————————————————

Fonte: G1

Manifestantes tomam café e varrem frente do Palácio dos Bandeirantes

Cerca de 30 pessoas seguiam nesta manhã em frente à sede do governo.

Na noite anterior, grupo arrombou portão e houve confronto com a PM.

 

Cerca de 30 manifestantes organizaram um café da manhã nesta terça-feira (18) em frente ao Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, na Zona Sul de São Paulo. O clima foi tranquilo durante toda a manhã em frente à portaria 2, onde eles se concentram. O grupo chegou a varrer a frente da sede do governo, onde ainda havia sujeira que sobrou do conflito ocorrido na noite de segunda-feira (17). A polícia acompanha o ato à distância.

________________________________________

Fonte: Zero Hora

(Montagem sobre fotos de Jefferson Botega, Carlos Macedo, Guilherme Santos e Fernando Gomes)

Dilma: as vozes da rua devem ser ouvidas

Presidente diz que a mensagem dos manifestantes é por cidadania, serviços de qualidade e direito à participação

Dilma: as vozes da rua devem ser ouvidas Roberto Stuckert Filho/Presidência da República/Divulgação

Dilma falou sobre protestos em evento para lançar um projeto de legislação para a mineração Foto: Roberto Stuckert Filho / Presidência da República/Divulgação

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira que os protestos que ocorrem em todo o país e que levaram mais de 250 mil pessoas às ruas nesta segunda-feira devem ser levados em consideração.

— Essas vozes das ruas precisam ser ouvidas. Meu governo está ouvindo essas vozes pela mudança — afirmou Dilma em um discurso no Palácio do Planalto.

Saiba mais:

> Manifestantes prometem voltar às ruas para novos protestos
Galeria de fotos: o que pedem os manifestantes nas ruas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: