12-Trânsito caótico no bairro do Campo Grande.

Trânsito caótico no bairro do Campo Grande

Sinto saudade da minha adolescência no Bairro do Campo Grande, quando a Rua Carvalho de Mendonça, assim como as demais ruas tinham trânsito com mão dupla, crianças jogavam bola na rua, sem correrem  risco de serem  atropeladas.

A frota de veículos da cidade era pequena, e ainda não tínhamos o estacionamento regulamentado, novidade esta criado na capital no início dos anos 70, com o nome de zona azul e adotada em todo Brasil. A cidade  tinha poucos semáforos, lembro dos semáforos da Av. Francisco Glicério X Av. Ana Costa, e outro no final da Av. Ana Costa X Av. Presidente Wilson. O serviço de fiscalização de trânsito era atribuição da 2ª Companhia de trânsito, que ficava na Av. Ana Costa, 389. Os policiais trabalhavam de capacete branco e uma bolsa de couro chamada de “Bissaca”. O serviço de sinalização era atribuição da Demutran, e  funcionava em uma casa nas esquinas da Rua Carvalho de Mendonça X Av. Ana Costa, onde eram confeccionados  placas, cavaletes e outros objetos utilizados no trânsito. No local  foi edificada a Agência da C.E.Federal.

No começo dos anos 70, os veículos estacionados ao longo da Rua Carvalho de Mendonça, não passavam de meia dúzia, o número de estabelecimentos comerciais  não passava de uma dúzia.

Os  pequenos  edifícios residenciais de no máximo três andares eram as maiores construções do bairro e  geralmente eram edificados por pequenos construtores de origem lusitana, um detalhe,  não se preocupavam muito com garagens, pois quem iria imaginar que no futuro não muito distante,  todos iriam ter um veículo. Naquela época  quem  tinha condições de ter um veículo, fazia questão de deixá-lo na rua, para mostrar para os vizinhos e amigos.

As ocorrências policiais relacionadas a veículos, naquela época, era o furto de combustível, estepe e toca-fitas.

Hoje, a cidade de Santos, têm três carros para cada quatro habitantes, vivemos  um verdadeiro caos, ninguém consegue chegar a lugar nenhum. Transitar pelas vias secundárias é um verdadeiro desafio. Ruas como a Espírito Santo, Pedro Américo e Carlos Gomes, apresentam  congestionamentos diários, estacionar o veículo é outro problema encontrado pelos condutores. Percebendo esta deficiência  de espaço, diversos empresários resolveram explorar estacionamentos pagos, com a criação de dezenas  de garagens pela cidade.

A  verdade é que a população está viciada em automóveis, ninguém anda mais a pé ou de bicicleta. Estamos passando está cultura errada para nossas crianças. Muitos pais que moram perto da escola do filho, por questão de  comodidade  fazem questão de levar e trazer o filho de carro.

A utilização de bicicletas, só  acontece  nas  classes menos  favorecidas da sociedade.

Os serviço de emergências da Polícia Militar,Corpo de Bombeiros e Hospitais, estão sendo comprometidos diretamente por esta morosidade no trânsito.

Os deslocamentos  emergenciais para atendimento de ocorrências policiais e corpo de bombeiros, acabam sendo afetados diretamente.

O serviço de pronto socorro dos hospitais,também sofrem as conseqüências.

O cidadão só ira perceber esta situação de caos, quando precisar.

É preciso reeducar a população a fazer o uso do automóvel, de maneira racional.

Rodízio Voluntário de Veículos. É  a única   alternativa para diminuir a quantidade de veículos circulante  na cidade.

Esta alternativa  é possível com a parceria do  Poder Público e depende do envolvimento de toda a sociedade através de campanhas  educativas, orientando os condutores a fazer uso racional do seu veículo.

A minha sugestão é que a cada dia  dois  finais de placas ficariam sem rodar. Ex.:

Segunda- feira, placas   final 1 e 2;

Terça-feira, placas  final        3 e 4;

Quarta-feira,placas  final      5 e 6;

Quinta feira,placas  final      7 e 8;

Sexta-feira,placas  final       9 e 0.

J. Carlos de Carvalho

Editor do Blog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: