A CULPA É DO ÔNIBUS

Imagem da internet

A CULPA É DO ÔNIBUS

Há algum tempo neste país, as camadas menos favorecidas da sociedade resolveram inovar  para chamar a atenção das autoridades, sociedade organizada e imprensa, sobre seus problemas.

Diariamente deparamos com notícias de queima de ônibus utilizados no transporte coletivo.

Em São Paulo, só nos primeiros quinze dias do ano, já são mais de uma dúzia. Os motivos destas ações são os mais diversos como : Enchentes, atropelamentos, mortes de bandidos pela polícia e até falta de água e luz. A verdade é que qualquer problema com a comunidade é motivo para incendiar coletivos.

 Não existem  motivos  que justifique a destruição de um bem público  ou privado, porém estes  grupos organizados de baderneiros, agem de maneira transloucada e pouco estão ligando para o efeito de suas ações, como foi o caso de Belém/PA, em que uma família foi queimada dentro de um coletivo, resultando na morte de uma criança de seis anos e queimaduras graves na mãe e irmã de dois anos.

Estas práticas, trazem prejuízos para a própria comunidade, porque quem vai acabar sofrendo as consequências é a população local, onde houve aquela ação.

Não faz sentido queimar ônibus, porque aquele traficante muito conhecido no bairro foi morto em confronto com a polícia. O que tem haver o empresário do setor de transporte, com a morte de um determinado cidadão que resolveu trilhar o caminho errado?

O córrego que corta o bairro, transbordou, junta-se uma dezena de pessoas e coloca fogo em ônibus. O que têm haver o ônibus coletivo com um evento provocado pela natureza.

O homem chega e vai ocupando as áreas ribeirinhas e quando a natureza cobra o seu preço o culpado é o ônibus.

Um morador por descuido foi atropelado na via principal do bairro, da mesma forma vêm  um grupo de desordeiros e resolve colocar fogo em ônibus.

Esta faltando água ou luz no bairro X, a comunidade representada por meia dúzia de desordeiros, resolve queimar ônibus para buscar seu lugar na mídia.

A mídia precisa dar menos atenção para este tipo de ocorrência.

Como exigir passagens mais baratas de ônibus. O prejuízo causado na queima de um ou mais coletivos, certamente vai impactar na planilha de cálculo destas passagens e o maior prejudicado certamente serão aquelas comunidades que contribuíram com este tipo  nefasto de ação.

É preciso mudar a sociedade, e esta mudança têm que começar na escola com as crianças.

É preciso resgatar as aulas de  “Educação Moral e Cívica”.

 

J.Carlos de C.Silva

Editor do Blog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: