04. Dicas de Segurança:

23/08/2010

A Polícia Militar do Estado de São Paulo,através da Base comunitária de Segurança do Campo Grande,está desenvolvendo campanha denominada “Ida e Volta com Segurança”.Que visa dar maior segurança aos alunos das escolas pública e privadas do Bairro do Campo Grande.Veja o teor do documento encaminhado as Diretoras e Diretores de escolas.

Campanha “IDA E VOLTA COM SEGURANÇA”.

OBJETIVO: a Quinta Companhia do Sexto Batalhão de Polícia Militar do Interior, através do Programa de Policiamento Comunitário da Base Comunitária de Segurança do Campo Grande e o Programa Ronda Escolar, em parceria com a Direção com várias Escolas, realizarão a Campanha “IDA E  VOLTA COM SEGURANÇA”, em complemento a Operação Ida e Volta já estabelecida pelo Sr Comandante  do Batalhão.

Tendo como objetivo: incentivar a mudança de comportamento dos alunos e professores, visando conscientizar as pessoas da necessidade de zelarem pela sua segurança individual, agindo de maneira pró-ativa e minimizando riscos à sua integridade física, ao ir e voltar da escola, contribuindo desta forma, para a redução dos índices criminais e seu impacto sócio-econômico, conforme segue:

1.2. PROGRAMAÇÃO: será desenvolvida uma campanha multidisciplinar, subdividida em três partes:

(a) identificação e seleção do tipo criminal mais comum na região próximo as escolas ( muitas ocorrências não chegam a ser registradas, é comum  crianças e jovens a pé ou de bicicletas roubarem os alunos);

(b) ações educativas a partir da veiculação de  xerocópia de folderss com dicas de segurança e  através do “corpo-a-corpo”, durante as visitas do policial às escolas e

(c) divulgação nos meios de comunicação em massa jornais disponíveis, jornais de bairro e igrejas. buscando a mudança de comportamento e,

PERÍODO: a campanha será desenvolvida no Bairro C.Grande de 16 a 31AGO10, ou até as 22 escolas serem visitadas. A Ronda Escolar acompanhará a vtr da Base nas primeiras palestras e posteriormente continuará a suas visitas sozinha.

DESENVOLVIMENTO: a campanha será supervisionada pelo Sr. Cmt Intº do 6º BPMI, Maj PM Flávio de Brito Junior, coordenada pelo Cmt da 5ª  Cia, 1º Ten PM Marcelo Marques Azevedo e desencadeada pelo Cmt da Base Comunitária de Segurança Campo Grande, 1º Sgt PM Moises da Silva e efetivo, e ainda Ronda Escolar;

EXPECTATIVA: a expectativa da campanha é de que as “dicas de segurança” atinjam mais de 1500 alunos e pessoas ligadas a educação, prevenindo, assim, comportamentos de vítimas em potencial, sendo que o resultado será mensurado através do comparativo dos índices criminais deste período com o mesmo período do ano anterior.

Veja o teor dos panfletos que estarão sendo entregues nas escolas:

“Ida e Volta com Segurança”

1-      Desconfie de outros garotos  que você não conheça.

Geralmente abordam: “Ô  chega aí”. Ao aluno se aproximar têm  seus pertences roubados.

2-      Não fique parado na porta da escola!

3-      Evite levar MPs,celular e jogos para escola. São objetos extremamente visados pelos bandidos.

4-      Se alguém lhe chamar em algum carro para perguntar algo, ignore, principalmente as crianças e adolescentes do sexo feminino.

5-      Na dúvida entre em local público.

Ligue 190

 

Nunca reaja a um assalto, preserve sua vida!

Polícia Militar do Estado de São Paulo

Secretaria de Estado dos negócios da segurança pública

Cpi6 – 6ºBPM/I- 5ª CIA

Base comunitária do bairro do campo grande

End.: Rua marquês de são Vicente,119 – campo grande – santos/ SP. TEL.: 3252-3010

________________________________________________________

22/12/2009

Saídas de bancos ou caixas eletrônicos: Um tipo de ocorrência vêm se tornando rotineira principalmente com pessoas da 3ª idade ou melhor idade, pensionistas e aposentados, que vão desacompanhados aos bancos ou caixas eletrônicos, retirar dinheiro  e na saída acabam sendo abordados por espertalhões que na tentativa de oferecer qualquer tipo de ajuda,acabam praticando furtos ou roubos,deixando as pobres vítima sem nada.

Recentemente no Bairro do Campo Grande,ocorreu um fato deste tipo. A vitima que tinha aproximadamente 70 anos,retirou uma certa quantia em dinheiro,na saída,foi seguida até próximo do seu estabelecimento comercial e na tentativa de roubo acabou reagindo, vindo a levar um tiro,perdendo de maneira trágica a vida e  o dinheiro.

A Polícia Militar,está sempre orientando que não é aconselhável ninguém reagir em caso de roubo. O marginal nunca está sozinho, têm sempre um comparsa dando cobertura. A melhor coisa que se faz é notar as características  e repassar aos policiais.

____________________________________________________________

DICAS DE SEGURANÇA,FONTE: POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

OLHO VIVO NAS RUAS

 

1. Ao retirar dinheiro do banco, guarde-o com cuidado em local discreto. Não conte dinheiro em público. Saindo do banco, certifique-se que não está sendo seguido.

2. Nunca exiba grande quantidade de dinheiro perante outras pessoas. Separe previamente a quantia necessária as suas pequenas despesas (transporte, cigarro, etc).

3. Evite que os idosos andem desacompanhados por locais desertos ou por ruas de comércio muito movimentado, alertando-os para que tomem cuidado com os “contos do vigário”, praticados por marginais bem falantes; cuidado especialmente com pessoas que venham Ihe oferecer terrenos em locais distantes, planos de aposentadoria, jóias achadas na rua, curas milagrosas, correntes e alianças de ouro, etc.

4. Aconselhe as mulheres para que levem a bolsa, junto ao corpo, protegida pelo braço. Atenção ao zíper.

5. Viajando de ônibus, não abandone nem desvie a atenção de sua bagagem.

6. Evite a ação de ladrões, não ostentando correntinhas ou jóias em locais movimentados.

7. Não carregue consigo objetos de valor, cartões de credito ou todos seus documentos, se não houver absoluta necessidade.

8. Não dê informações a ninguém sobre itinerário, hábitos, horários, viagens, etc. Alerte sua família e empregados para também procederem assim.

9. Avise, ao perceber que alguém esta sendo seguido. Avise também comerciantes e gerentes de bancos, caso note algum movimento suspeito em torno de seus estabelecimentos. E melhor prevenir que remediar. Na dúvida, chame a Polícia Militar.

 

CUIDADO COM AS CRIANÇAS

 

A vida em nossa cidade é cada dia mais agitada. Isso não pode implicar na falta de diálogo com nossos filhos. Converse muito com eles: é o melhor meio de prepará-los para uma vida adulta sadia e produtiva.

Recomende às crianças:

1. Para não aceitarem convites de estranhos para passear em carros, entrar em casas, terrenos ou garagens, mesmo que atraídas pela promessa de doces, chocolates, sorvetes ou refrigerantes. Esse é um recurso bastante usado por maníacos, tarados e seqüestradores. Alerte-as para pedir ajuda a um poIiciaI.

2. Oriente-os para irem e voltarem das aulas em grupos. Se puder, conduza seus filhos à escola ou entregue-os a pessoas de sua confiança. Uma boa pedida é que vizinhos ou parentes se revezem na tarefa, semanalmente.

3.Tudo na vida tem sua hora, inclusive dirigir e pilotar automóveis e motos. Menor conduzindo veículos representa grande risco para si próprio, para os pais e para terceiros, principalmente se vier a envolver-se em acidentes.

 

FIQUE ALERTA CONTRA AS DROGAS

 

1. Esclarecer a seus filhos, desde a infância, sobre o mal que as drogas causam ao viciado.

2. Conquiste a confiança de seus filhos. E melhor que eles peçam um cigarro a você, do que a um “amigo” de rua.

3. Converse bastante com os professores das crianças, para saber de seu aproveitamento escolar. Acostume-se a verificar a caderneta de presença de seus filhos, para saber se não tem “matado” aulas.

4. Mas companhias conduzem ao uso de drogas e ao crime. Selecione as companhias de seus filhos e os ambientes que eles freqüentam (clubes, “bailinhos”, etc).

 

SINTOMAS MAIS COMUNS NO USO DE DROGAS POR ADOLENCENTES

 

 

  • Mudança brusca de conduta (irritável e nervoso).
  • Inquietação, o jovem torna-se impaciente.
  • Aquisição de tiques nervosos e cacoetes.
  • Depressão, estado de angústia e insônia.
  • Queda do aproveitamento escolar ou desistência dos estudos.
  • Uso de gíria própria do mundo da droga.
  • Isolamento (fica a maior parte do tempo no quarto, evitando contato com amigos e familiares).
  • Alteração de hábitos. 0 jovem passa a dormir de dia e ficar acordado a noite.
  • Existência de comprimidos, seringas, cigarros estranhos (grosseiros, embrulhados a mão), pacotinhos ou saquinhos plásticos com pó branco ou erva seca entre seus pertences.

 

 

RECONHEÇA A MACONHA E A COCAÍNA

 

A maconha

Erva verde e seca, geralmente apresentada como torrão (prensada, amassada), acondicionada em celofane, plástico ou jornal. Em meio a erva, existem sementes de cor marrom, polidas (parecem envernizadas) e redondas. Tem odor característico e é consumida como cigarro ou como fumo, em cachimbo.

A cocaína

Apresenta-se geralmente como um pó branco cristalizado, semelhante ao açúcar refinado, talco ou farinha de trigo. Quando colocada uma pequena quantidade desta substância na ponta da língua, sente-se gosto de remédio (éter ou iodo) e amortecimento local (língua anestesiada). É consumida através de aspirações pelo nariz ou por meio de injeções na veia.

 

SEGURANÇA NO LAR

 

1. Dificulte a vida dos ladroes. Instale grades nas janelas, alarme, olho mágico, trancas nas portas e nos alçapões de teto e habitue-se a usar esses recursos, principalmente a noite quando a casa estiver vazia.

2. Ao viajar, peça a alguém de confiança para que não deixe juntar correspondência na porta. Peça a um vizinho que acione a polícia, caso observe movimento suspeito na casa, durante sua ausência.

3. Os moradores de edifícios devem exigir discrição dos empregados do condomínio, principalmente para que não comentem com ninguém quais famílias estejam viajando, quais apartamentos estão vazios ou quais os hábitos e horários dos moradores do edifício.

4. Não adianta deixar lâmpadas permanentemente acesas, para simular que a casa está ocupada. É melhor pedir a um vizinho que as acenda só durante a noite ou instalar células fotosensíveis automáticas ou “timer”.

5. Não abra a porta para pessoas que se apresentam para oferecer serviços não solicitados (encanadores, eletricistas, etc.). É útil o uso do interfone.

6. As crianças devem ser orientadas para não abrir a porta para estranhos e nem trazê-los para casa sem autorização.

7. Empregadas domésticas, só com referências anteriores. Saiba o endereço da empregada ou de seus parentes.

8. Pressentindo pessoas suspeitas em elevadores, não entre. Entrando suspeito no elevador, salte em qualquer andar mesmo que não seja o seu.

9. Quando for sair ou chegar em casa, fique atento para suspeitos nas proximidades. Desconfiando, dê a volta no quarteirão e chame a Polícia Militar.

10. Suspeitando de que algum ladrão entrou em sua casa, quando você estava ausente, não entre: chame o patrulheiro do seu bairro, pois sempre é possível que os ladrões ainda estejam lá dentro.

11. Tenha anotado em local seguro o numero de série de seus bens (TV, vídeo, som, armas, relógios, etc.). Em caso de furto, transmita esses dados ao patrulheiro. As chances de recuperá-los serão maiores.

 

CUIDE BEM DE SEU CARRO

 

Para começo de conversa, nao existe nenhum tipo de obstáculo (alarme, trava, etc.) capaz de impedir em 100% dos casos, o furto de um carro. Esses recursos porém, dificultarão a ação dos ladrões. 0 seguro contra roubo e uso de estacionamento vigiados, entretanto, continuam sendo os meios mais eficazes de se evitar prejuízo, pois os marginais agem rapidamente (até 2 minutos) e com naturalidade.

Algumas dicas, porém são úteis:

1. Evite deixar seu carro estacionado na rua, principalmente durante a madrugada. Desligue o carro, retire a chave do contato e tranque o veículo ao estacionar, mesmo que por poucos minutos.

2. Procure estacionar em ruas iluminadas e próximo a locais vigiados dia e noite.

3. Não deixe embrulhos, roupas, pacotes e valises à vista, dentro do carro. Isso atrai os ladrões.

4. Use toca-fitas de gaveta (é comum estourarem o quebra vento e o painel do carro só para levarem o “tape”).

5. Evite namorar dentro do carro, principalmente à noite e em lugares desertos.

6. Não dê “caronas” para estranhos.

7. Não pare para discutir “fechadas” ou “batidinhas”. É comum que ladroes provoquem isso, só para assaltar.

8. Procure transitar com vidros fechados, sempre que possível, e com as portas travadas.

9. Ao parar nos semáforos, fique atento ao retrovisor de seu carro e mantenha o veículo engatado em 1ª  marcha e distante do carro da frente o suficiente para arrancar, em caso de emergência. Esses cuidados são importantes para evitar, principalmente, furtos praticados por “garupas” de motos, que agem e fogem rapidamente, no transito.

10. Cuidado com falsos mecânicos, sempre solícitos, que aparecem “milagrosamente” para ajudá-lo em locais ermos, tão logo seu carro entre em pane. Sinalize seu carro e peça apoio para a primeira patrulha policial que cruzar por você.

 

COMO LIDAR COM OS ASSALTANTES

 

1. Estabeleça códigos de acesso a sua casa, de maneira que um dos moradores, surpreendido por assaltantes, possa avisar aos outros de que algo nao vai bem. Acionado esse código, procure ganhar tempo. Nao abra a porta e acione a Polícia Militar, informando da urgência do atendimento. Nós lhe daremos prioridade. Códigos entre vizinhos também podem ajudar.

2. Em caso de roubo, não reaja. Acredite sempre que a arma do bandido é verdadeira e está carregada. Evite fazer gestos bruscos, que possam ser confundidos com reação de sua parte.

3. Procure dialogar o mais cordialmente possível com os marginais, para acalmar os ânimos e amenizar sua fúria. Em geral, estarão mais nervosos que a vítima.

4. Se não houver reação, a possibilidade de violência contra as vítimas é pequena.

Assim, não se desespere.

5. A Policia Militar possui unidades especializadas em resgate de reféns. Portanto, confie e tenha calma.

6. Assim que os bandidos deixarem o local, avise a Polícia Militar o mais rápido possível, transmitindo o ocorrido e as características dos mesmos.

 

PRECISANDO, É SÓ CHAMAR

 

 

  • DISQUE 190 (24 HS POR DIA. NÃO PRECISA FICHA).
  • EXIJA QUE TODA A FAMÍLIA, INCLUSIVE AS CRIANÇAS SAIBAM DE COR ESSE TELEFONE.
  • CONHEÇA OS LOCAIS MAIS COMUNS DE ESTACIONAMENTO DA PATRULHA POLICIAL DO SEU BAIRRO.
  • OU CHAME O PATRULHEIRO MAIS PRÓXIMO.
  • _____________________________________________

O CRIME NÃO COMPENSA

Há 40 anos trás, ainda adolescente, li uma matéria policial na antiga Revista O Cruzeiro, em que relatava que um dos muitos casos de um competente perito criminal da polícia de São Paulo. Ele havia guardado um projétil de um revolver removido da cabeça de uma vítima de homicídio por cerca de vinte anos na esperança de encontrar o verdadeiro assassino.

E não                  é que passado todo aquele tempo, quando já não havia mais esperança naquele laboratório de investigação, chegou as mãos do experiente perito, uma arma velha toda oxidada, e com a raiação do cano em bom estado de conservação, examinando a arma com muito cuidado e fazendo comparações bem como  testes de balísticas, constatou que aquele projétil guardado há muitos anos, havia saído daquela arma, e assim conseguiu-se chegar ao autor daquele  crime.

O caso acima serve apenas para ilustrar que não existe crime perfeito.

Há mais de trinta anos venho analisando casos, principalmente aqueles que acabaram ganhando mais destaque na mídia, por envolver famosos e outros de casos menos expressivo, bem como aqueles em que estive envolvido direto ou indiretamente  por força da minha atividade profissional.

O homem evolui sobre todos os aspectos ou parâmetros, inclusive na prática de crimes, porém certamente não podemos afirmar que exista crime perfeito.

Uma ação criminosa, mesmo que praticado por uma só pessoa, pode-se demorar dias, meses ou até anos, para ser descoberto, porém dificilmente irá ficar impune.

Quanto maior o número de envolvidos, em uma ação criminosa, maiores serão as chances dos envolvidos cair na malha da polícia.

O homem, independente da sua condição social, gosta de contar vantagem e ostentar riquezas, é natural criminosos utilizarem pesadas correntes de ouro em seus respectivos redutos ou comunidade, uma forma de demonstrar poder, bem como contar vantagem em reuniões familiares, junto a  amigos ou na mesa de bar.

Até mesmo na hora do descanso, confissões delituosas acabam acontecendo. É fato que muitas destes casos já levaram muita gente para a cadeia.

Certa vez um conhecido marginal foi denunciado pela esposa, após agredi-la. Na delegacia ela confessou que seu marido  tinha pesadelos constantes, onde ele afirmava ter matado um amigo.

Detido o agressor e encaminhado a delegacia, o marginal não só confessou aquele crime bem como outros delitos e como já existia uma condenação, acabou indo para trás das grades.

Hoje a polícia usa muita tecnologia na elucidação de crimes, até mesmo os crimes virtuais estão sendo desvendados no menor tempo possível.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: